Cistermúsica vai ter este ano 50 concertos

0
916

Já começou a 27ª edição do Cistermúsica – Festival de Música de Alcobaça, que decorre durante um mês, até 28 de Julho, com 50 concertos em vários pontos do país. O epicentro do festival é o Mosteiro de Alcobaça, mas o evento passará também pelo Museu do Vinho, pelo Cine-teatro de Alcobaça e pelo Parque Verde, indo ainda às freguesias de Pataias, Benedita e São Martinho do Porto.
Este ano o destaque vai para o concerto de Camané e Mário Laginha no Claustro do Silêncio do Mosteiro, mas não vão faltar outros momentos de relevo. Já hoje há dança no Mosteiro, a partir das 22h00, com o Ballet Contemporâneo do Norte, apresentando o “repertório para cadeiras, figurantes e figurinos”. Os bilhetes custam 8 euros.
Simultaneamente, na programação em rede, realiza-se no cineteatro de Rio Maior o teatro “A última lição”, da Triac:To721 em Cena.
Amanhã a Big Band da Nazaré e Carlos Alberto Moniz prestam um tributo a Frank Sinatra, a partir das 22h00, no Parque Verde.
No domingo, a partir das 16h30, o Mosteiro de Cós recebe “Obras-primas da Renascença”, interpretadas por Officium Ensemble.
Às 17h00, Gonçalo Pescada e Mário Marques actuam nas Capelas Imperfeitas do Mosteiro da Batalha. A entrada nestes quatro eventos é livre.
No dia 9 de Julho, às 21h30, o quarteto de cordas Kronos Quartet traz os “Novos Tempos” à Cerca do Mosteiro. Os preços variam entre os 15 e os 30 euros.
Dois dias depois, a partir das 21h30, a pianista sul-coreana Young-Choon Park leva um recital com sonatas de Mozart, Beethoven e Chopin ao Claustro do Silêncio do Mosteiro. A entrada custa entre 8 e 10 euros.
A programação da Rota de Cister passa por Arouca, Lorvão e Évora e a Rota do Oeste por Peniche (25 de Julho na Igreja da Misericórdia).
O Cistermúsica tem como missão a aproximação do grande público à música clássica. Este o ano tema do festival é “Erudito e Popular” e pretende mostrar a ténue fronteira entre os dois.